Quem deseja construir uma vida nos Estados Unidos tem a chance de solicitar o Visto de Investidor

Ao longo dos últimos anos, vem sendo observado um crescimento no interesse pelo visto de investidor EB5 entre brasileiros. O sonho do brasileiro em estudar ou morar nos Estados Unidos em busca de uma melhor qualidade de vida sempre existiu, mas talvez por conhecerem melhor sobre o Programa EB5, este número de pessoas tem crescido.

O visto de investidor é uma das chances de morar nos EUA

O visto de investidor é uma das chances de morar nos EUA

Brasileiros têm comprado casas de luxo em Miami e agradáveis passeios de compras em Bal Harbour por décadas, mas nos últimos meses muitos brasileiros veem estabelecendo raízes de longo prazo em Miami e, em menor medida, Orlando, Nova York e Boston. Embora os números exatos não estejam disponíveis, agentes imobiliários baseados em Miami, banqueiros, varejistas e advogados de imigração dizem que um número crescente de brasileiros ricos está tentando mover-se para a região, criando empresas lá, e tentando obter a residência ou cidadania para si e suas famílias.

Segundo empresas que monitoram os brasileiros que fazem negócios na Flórida acreditam que cerca de 250.000 – 300.000 agora vivem em Sunshine State. Uma das melhores formas de se conseguir isto é justamente levando seu capital para os EUA, investindo em um negócio que gere 10 empregos e conseguindo um visto de investidor EB5 nos Estados Unidos para si e sua família direta.

O Departamento de Estado dos EUA publicou o relatório anual do Escritório de Vistos, que contém informação estatística sobre emissões de vistos para não-imigrantes e vistos de imigrante, juntamente com informações sobre o uso de números de visto.


O relatório é para o ano fiscal de 2014, que é o período de tempo a partir de 01 de outubro de 2013 a 30 de Setembro de 2014. Esse relatório indica o número de vistos EB-5 emitidos por país.

Classificação de países de acordo com o Visto de Investidor

Abaixo está uma lista de Top EB-5, países classificados de acordo com o número de EB-5 vistos emitidos no ano fiscal de 2014, juntamente com o número de EB-5 vistos concedidos a esse país no ano fiscal de 2013 e 2012.

  1. China (2014 – 8,308; 2013 – 6,250; 2012 – 5,683)
  2. Coreia do Sul (2014 – 162; 2013 – 309; 2012 – 378)
  3. Taiwan (2014 – 99; 2013 – 113; 2012 – 123)
  4. Vietnã (2014 – 92; 2013 – 33; 2012 – 26)
  5. Irã (2014 – 72; 2013 – 82; 2012 – 76)
  6. Rússia (2014 – 56; 2013 – 39; 2012 – 21)
  7. Índia (2014 – 55; 2013 – 35; 2012 – 28)
  8. México (2014 – 44; 2013 – 63; 2012 – 14)
  9. Nigéria (2014 – 37; 2013 – 17; 2012 – 15)
  10. Japão (2014 – 35; 2013 – 70; 2012 – 21)
  11. Venezuela (2014 – 30; 2013 – 35; 2012 – 48)
  12. GB & Irlanda do Norte (2014 – 25; 2013 – 52; 2012 – 44)
  13. Egito (2014 – 21; 2013 – 22; 2012 – 11)
  14. Canadá (2014 – 18; 2013 – 20; 2012 – 32)
  15. Hong Kong (2014 – 15; 2013 – 16; 2012 – 20)
  16. África do Sul (2014 – 13; 2013 – 8; 2012 – 22)
  17. Brasil (2014 – 6; 2013 – 11; 2012 – 10)
  18. Alemanha (2014 – 5; 2013 – 10; 2012 – 9)
  19. Bangladesh (2014 – 2; 2013 – 10; 2012 – 2)
  20. Malásia (2014 – 0; 2013 – 12; 2012 – 0)

A lista acima apenas inclui países que tinham dois dígitos no ano fiscal de 2014 e ano fiscal de 2013. Os países com aumentos anuais desde o exercício de 2012 são China, Vietnã, Rússia, Índia e Nigéria. O Brasil tem-se mantido relativamente estável e pequeno para os últimos três anos fiscais.

 

Ficou interessado? A LCR Capital Partners pode te ajudar! Entre em contato conosco e saiba mais.

Gostaria de viajar e conhecer o mundo sem gastar muito?

SOLICITE COTAÇÃO DE VIAGEM

Procurando por Hotel?! Então , pesquise no booking.com! Você não paga pela reserva, cancela quando quiser e consegue os melhores preços.