São Paulo – A página no Facebook da dupla de humoristas americanos “The Florida Men” tem menos de 1.300 curtidas, mas eles conseguiram seus 15 minutos de fama no Brasil ao publicar no YouTube um vídeo em que satirizam o comportamento de turistas brasileiros na Disney.

O trabalho, de gosto duvidoso, foi publicado no dia 31 de janeiro e, na manhã desta quarta-feira, já tinha quase 1 milhão de visualizações na plataforma. Chamado “If American Tourists Acted Like Brazilians” (em tradução livre, “se turistas americanos agissem como brasileiros”), o vídeo mostra os dois comediantes fingindo ser nativos do Brasil, no Magic Kingdom, parque da Disney em Orlando.
Eles abordaram funcionários do parque temático e pediram informações usando poucas palavras em inglês, gesticulando para tentar se fazer entender e demonstrando muita dificuldade em compreender as explicações. Além de constranger os trabalhadores do lugar, eles também aparecem no vídeo fazendo selfies, passando por cima de correntes que limitavam a circulação e cantando “loud noise” (barulho alto).
Muitos brasileiros, claro, não gostaram da brincadeira e criticaram severamente o vídeo. No YouTube, mais 6 mil comentários já foram postados sobre a polêmica, sendo que grande parte é de brasileiros que se sentiram ofendidos. “E os turistas norte-americanos que vêm para o Brasil para explorar a prostituição infantil? Ouch!”, disse uma internauta.
Mas houve também quem defendesse a liberdade de expressão dos comediantes. “Ah , para com isso , é uma sátira, fazemos isso mesmo…. Não tudo ao mesmo tempo, mas fazemos”, disse outro usuário.
Toda essa polêmica em torno do vídeo parece estar agradando a dupla. Na última terça-feira, eles estamparam a expressão “#LoudNoise” na capa de seu perfil no Facebook.
Em outra postagem, disseram “101k views. Just saying. making serious ‪#‎loudnoise‬”, em referência ao grande número de visualizações do vídeo e do “barulho” que conseguiram fazer com as provocações. A discussão sobre a validade, ou não, da piada continuou nos comentários da postagem.
“Je suis Florida Men. Liberdade de expressão é tudo e como li os comentários de pessoas que compartilharam o vídeo, posso dizer que vocês acertaram na mosca. Onde está o senso de humor, caras? Por favor!”, defendeu um dos comentaristas.
Já outra postagem defendeu a indignação dos brasileiros. “Qual foi o real propósito de fazer esse vídeo? Certamente quando vocês vêm para cá, vocês sequer sabem como dizer uma palavra em português, e se dizem, falam com um mau sotaque ou algo em espanhol… Pelo menos nós conseguimos falar inglês e muito melhor do que vocês imaginam…”.

http://feeds.feedburner.com/viajandonovermelho/ShSu